Sábado, 17 de Junho de 2006

A BANDEIRA - II - A SURPRESA

Quem tinha idade para já perceber alguma coisa a mais, em 1975, sabia que a ultima coisa que gostava de ver era a Bandeira de Portugal. Era uma espécie de má ideia, má lembrança, uma imagem desconfortável, ligada a coisas que eram preciso passar á frente, evoluir, esquecer, mudar. E a Bandeira lá estava, era a mesma Bandeira de sempre, e , acho eu, ninguém achava a nossa Bandeira bonita, alegre, boa onda. Era uma Bandeira velha, triste e com cheiro de mofo. Só se pensava na Bandeira e no Hino em funerais ilustres, notícias de Estado e nos momentos em que era preciso defenir o território.......

O tempo foi passando e a Bandeira lá. Quietinha. Alguns tentaram reanima-la com pseudo alusões nacionalistas, mas nada que se impusesse ou que superasse o trauma da imagem da identidade nacional.

Bandeiras são simbolos que nos representam, nos identificam, nos sepáram ou nos unem. Eu confesso que não tinha grandes lembranças boas da Bandeira, era uma coisa desagradável e indefinida.

Um dia, já o futebol andava a mil por hora nas vidas do mundo inteiro, já os Jogos Olimpícos tinham levantado as bandeiras todas á vontade, chegou um estrangeiro a Portugal , e, no seu papel de treinador de futebol confrontado com a indiferença de imagens e simbolos do País, resolver apelar, tal qual no seu Brasil, para a Bandeira, como forma de apoiar a Selecção Nacional.

E não é que deu certo ???????? e sabem porquê ??????? porque ele podia pedir isso calmamente, sem medo de imagens, de passados sinistros, de outros tempos, de outros significados. Ele era de fora, era livre. E o pessoal todo aderiu sem culpa, numa boa, porque era isso mesmo, e a ideia tinha vindo DE FORA, sem apelos políticos, sem segundas intenções. Quem nunca tinha ligado bóia á Bandeira, passou a ligar, quem tinha uma ideia antiga, descansou, agora era possível ver a Bandeira Portuguesa nas janelas, nos carros, nas T shirts, sem se sentir mal, e ate perceber que.......não é que nossa Bandeira até é bonita, alegre e vistosa ??????

Eu, que detesto nacionalismos, e hinos, e bandeiras, e chapéus, e t shirts, e bonés, e cachecois, e fardas, e autoritarismo, e gritos, e horizontes curtos, e tudo o que significa território limitado e restrito, dei comigo a comprar umas Camisolas do Eusébio no Continente para levar para os amigos .........

HELPPPPPPPPPPPP

Publicado por Eugénia Melo e Castro às 18:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Ouça aqui

EMAIL/ CONTACTOS/ SITE OFICIAL

eugeniamc@sapo.pt http://www.eugeniameloecastro.com

Bem Querer / Futuros Amantes


Veja mais vídeos aqui!

AVISO AOS NAVEGANTES :

ESTE BLOG É (TAMBÉM) UMA BASE DE DADOS ACTUALIZADOS SOBRE EUGÉNIA MELO E CASTRO. DESTINA-SE AO REGISTO DE ENTREVISTAS, MATERIAIS DE IMPRENSA, MÉDIAS, MP3, VIDEOS, MATERIAL DE PESQUISA, BIOGRAFIA, HISTÓRIAS, OPINIÕES, CRÓNICAS, FOTOS, DATAS, AUTORES, MÚSICOS ENVOLVIDOS, ASSUNTOS RELACIONADOS, DEPOIMENTOS, LINKS RELACIONADOS, AGENDA DE SHOWS, ACTUALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS DE CDs, DVDs, PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS, GRAVADORAS, DIREITOS AUTORAIS, LETRAS, CONVIDADOS ESPECIAIS, ONDE, COMO E QUANDO.

Arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO