Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Eugénia Melo e Castro junta Minas e Portugal

Eugénia Melo e Castro junta Minas e Portugal
Comemorando 30 anos de carreira cantora portuguesa dedica álbum a compositores mineiros

por Beto Feitosa

 

A cantora portuguesa Eugénia Melo e Castro comemora 30 anos de carreira com um lindo passeio pela música mineira. Intérprete apaixonada pelos compositores brasileiros, Eugénia lança por aqui - antes de sua terra natal - o álbum Um gosto de sol, produção da Mesa2 lançado pelo Selo Sesc.

No disco, gravado inteiramente em Belo Horizonte, Eugénia passeia pela obra de artistas ligados ao Clube da Esquina e suas agremiações. Em arranjos delicados, desenhados com intimidade por Robertinho Brant, ela liga culturalmente o estado brasileiro com a música portuguesa. Essa intenção fica clara quando Eugénia assina parcerias inéditas com Toninho Horta (em Fogo de palha) e Wagner Tiso (O cerco). As músicas ainda contam com participações especiais dos parceiros.De Portugal Eugénia traz a parceria de Alfredo Duarte e A.Vieira Pinto em Maldição, fado reconstruído com tempero moderno, efeitos eletrônicos e citação a Ponta de areia. O poeta Fernando Pessoa entra em cena no poema A hora absurda e em Vaga no azul, que ganhou música inédita de Milton Nascimento, que ainda se junta para cantar com Eugénia.

Da obra de Milton o disco também visita o clássico Cais (parceria com Ronaldo Bastos), a faixa que abre e batiza o disco Um gosto de sol (com Ronaldo Bastos), Fruta boa (com Fernando Brant), Tarde (com Márcio Borges) e a Vinheta do Bituca que, no final do álbum, reserva uma surpresa. A atriz Débora Falabella declama Estrada real, poema de Affonso Ávilla com título bem apropriado ao projeto. Destaque para a bela releitura de Luz e mistério, parceria de Caetano Veloso com Beto Guedes, que volta no seu grande sucesso Sol de primavera, com Ronaldo Bastos. Esse também está em Dança da lua, agora com Tulio Mourão, que participa da faixa tocando piano. Enfim, uma festa mineira que também conta com músicos de destaque no estado.

O sotaque português é um charme da cantora que entende o Brasil. Com intimidade e fortes ligações com a música brasileira, desde seu primeiro álbum lançado em 1982 Eugénia sempre promoveu essa ponte entre os dois países. Agora mergulha por melodias e poesias do estado, tão rico em cultura e sabedoria. Dessas montanhas aparecem o belíssimo Um gosto de sol.

 

Pode ler aqui a notícia original: http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1201/120124-01.htm

Publicado por popogirl às 00:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Ouça aqui

EMAIL/ CONTACTOS/ SITE OFICIAL

eugeniamc@sapo.pt http://www.eugeniameloecastro.com

Bem Querer / Futuros Amantes


Veja mais vídeos aqui!

AVISO AOS NAVEGANTES :

ESTE BLOG É (TAMBÉM) UMA BASE DE DADOS ACTUALIZADOS SOBRE EUGÉNIA MELO E CASTRO. DESTINA-SE AO REGISTO DE ENTREVISTAS, MATERIAIS DE IMPRENSA, MÉDIAS, MP3, VIDEOS, MATERIAL DE PESQUISA, BIOGRAFIA, HISTÓRIAS, OPINIÕES, CRÓNICAS, FOTOS, DATAS, AUTORES, MÚSICOS ENVOLVIDOS, ASSUNTOS RELACIONADOS, DEPOIMENTOS, LINKS RELACIONADOS, AGENDA DE SHOWS, ACTUALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS DE CDs, DVDs, PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS, GRAVADORAS, DIREITOS AUTORAIS, LETRAS, CONVIDADOS ESPECIAIS, ONDE, COMO E QUANDO.

Arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO