Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Caetano - Certeza da Beleza

Resenha de CD, Notas Musicais

Título: Certeza da Beleza

Raridades 3 (83 - 94)

Artista: Caetano Veloso

Gravadora: Universal Music

Cotação: * * * *

Embalada como bônus na boa caixa 83-94, terceiro título da coleção Quarenta Anos Caetanos, que reedita a imensa obra fonográfica de Caetano Veloso, a compilação Certeza da Beleza revira de forma certeira o baú do artista nos anos 80 (das 20 faixas, apenas duas são da década de 90). A compilação prima por agrupar fonogramas avulsos da discografia do artista. Algumas gravações já aparecem volta e meia em coletâneas, mas outras são (de fato) bem obscuras - como a de Preciso Aprender a Só Ser (Gilberto Gil), feita em 1987 para a trilha sonora da novela Brega & Chique. Caetano, a propósito, de vez em quando grava músicas (próprias e também alheias) exclusivamente para trilhas sonoras. Compilados por Rodrigo Faour, os registros de Isto Aqui o Que É (Ary Barroso) e Cidade Maravilhosa (André Filho) - idealizados para as novelas Vale Tudo (1988) e O Dono do Mundo (1991), respectivamente - figuram em Certeza da Beleza ao lado do ijexá Falou Amizade (composto e gravado pelo artista em 1988 para trilha sonora do filme Dedé Mamata) e do registro original de Milagres do Povo, destaque da trilha sonora da minissérie Tenda dos Milagres, de 1985. É fato que nem todos os fonogramas ostestam o rigor estilístico que pontua a discografia de Caetano, sobretudo os gravados para álbuns alheios. Banda Nova - parceria de Vinicius Cantuária com Péricles Cavalcanti, gravada por Cantuária em dueto com Caetano em 1985 para o LP Siga-me - apresenta o tom pausterizado que predominou em muitos discos dos anos 80. É pop datado. Já o frevo Pra Valer (Moacyr Albuquerque) - gravado por Caetano em 1984 para o compacto Carnaval Liberou Geral - é atemporal. Trata-se, aliás, de outro fonograma realmente raro. Assim como a bossa Asa Delta, extraída do álbum Companheiros, lançado em 1985 pelo violonista paulista Marito Correa com a Banda Cooperativa. Também obscura até mesmo para fãs do cantor é a faixa-título da compilação, Certeza da Beleza, canção de Caetano, registrada pelo autor em 1983 em dueto com Telma Costa (1953 - 1989) para álbum da cantora. Verdade seja dita: a música não é das mais inspiradas do compositor, mas seu registro raro tem alto valor documental. Entre duetos com Luiz Caldas (É Tão Bom, tema cool distante do calor da axé music), Eugénia Melo e Castro (Coração Imprevisto, em clima camerístico), Beto Guedes (Luz e Mistério, em registro ao vivo de 1987) e Péricles Cavalcanti (Meu Bolero), a coletânea deixa a certeza óbvia da grandeza de Caetano Veloso como intérprete e da sua salutar boa vontade para encarar - sem preconceito - todos os ritmos e faces da música popular brasileira.

Publicado por popogirl às 01:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Ouça aqui

EMAIL/ CONTACTOS/ SITE OFICIAL

eugeniamc@sapo.pt http://www.eugeniameloecastro.com

Bem Querer / Futuros Amantes


Veja mais vídeos aqui!

AVISO AOS NAVEGANTES :

ESTE BLOG É (TAMBÉM) UMA BASE DE DADOS ACTUALIZADOS SOBRE EUGÉNIA MELO E CASTRO. DESTINA-SE AO REGISTO DE ENTREVISTAS, MATERIAIS DE IMPRENSA, MÉDIAS, MP3, VIDEOS, MATERIAL DE PESQUISA, BIOGRAFIA, HISTÓRIAS, OPINIÕES, CRÓNICAS, FOTOS, DATAS, AUTORES, MÚSICOS ENVOLVIDOS, ASSUNTOS RELACIONADOS, DEPOIMENTOS, LINKS RELACIONADOS, AGENDA DE SHOWS, ACTUALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS DE CDs, DVDs, PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS, GRAVADORAS, DIREITOS AUTORAIS, LETRAS, CONVIDADOS ESPECIAIS, ONDE, COMO E QUANDO.

Arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO