Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

RELEASE CD "CANTA VINÍCIUS" - LANÇAMENTO NO BRASIL

“EUGÉNIA MELO E CASTRO CANTA VINICIUS DE MORAES”
 
Rio de Janeiro, Agosto de 1994. Quando foram iniciadas as gravações do disco “Eugénia Melo e Castro canta Vinicius de Moraes”, nos estúdios da gravadora Som Livre, talvez a própria Eugénia não tivesse a noção exata que estava para ser concebido um dos mais belos discos da música brasileira de todos os tempos. Tampouco Wagner Tiso, diretor musical e co-produtor junto com a Eugénia, nem os brilhantes músicos que participariam das sessões, muito menos os diretores da gravadora, ninguém poderia antever o altíssimo grau de qualidade do trabalho que se produziria ali.
 
As obras-primas não são programadas, elas nascem de um conjunto de fatores e de oportunidades únicas. Eugénia tinha a mais absoluta certeza que aquele trabalho correria na contramão das expectativas do mercado fonográfico do Brasil. De fato, essa sempre foi a sua trajetória, a de artista inquieta e avessa a quaisquer limites ao ato da criação musical. E por que Vinicius? E por que o Vinicius das grandes canções líricas dos anos 50, canções pré-bossa nova, o poeta que cantou como poucos os trágicos caminhos do amor e das paixões?
 
Talvez porque Eugénia tenha essa rara qualidade de entender e discernir os pontos de contato entre as culturas de Portugal e do Brasil, e de enxergar, com notável acuidade, o amálgama do qual é formada a música brasileira. E talvez por isso, o melhor contraponto para os seus discos imediatamente anteriores, “Amor é Cego e Vê”, de 1990, e “Lisboa Dentro de Mim”, de 1992, ambos dedicados à poesia e ao cancioneiro portugueses, devesse mesmo ser Vinicius, o vate das grandes paixões. Nesses projetos anteriores, Eugénia buscava a delicadeza, a singeleza, o lirismo em intenso grau. Neste projeto, a busca é a mesma,  das qualidades e atributos de um Brasil que se perdeu ou que talvez tenha existido somente na nossa mais remota memória afetiva.
 
Das 14 canções do disco, 9 são parcerias de Vinicius com Tom Jobim. São canções extraordinárias, quase eruditas, que já evidenciavam à época a genialidade do Maestro Soberano, então com aproximadamente 30 anos. Em “Eu sei que vou te amar”, composta em 1958, Eugénia brilha ao alterar o andamento da canção, tornando-a mais lenta, tensionando ou suavizando as frases conforme o sentido da letra. “Chora Coração” é um primor, com um belo arranjo de Wagner Tiso e as participações mais que especiais de Paulo Moura no sax soprano e Paulo Sérgio Santos no clarinete. “Canta Mais” traz o dueto de Eugénia com Tom Jobim, sessão que emociona pela limpidez da voz da cantora e pelo contracanto do Tom. E também por esta ter sido uma das últimas gravações (se não mesmo a última) de Jobim, pois o maestro faleceria 4 meses depois, em Nova York. É fundamental destacar também a gravação de “Canção do Amor Demais”, quando Eugénia e Egberto Gismonti fazem um verdadeiro “tour de force” musical, de voz e sintetizadores.
 
Há 3 canções com música e letra somente de Vinicius de Moraes, a formidável “Medo de Amar”, “Valsa de Eurídice” e a clássica “Serenata do Adeus”. Outro destaque é “Amor e Lágrimas”, rara parceria de Cláudio Santoro e Vinicius, e uma belíssima “Canção do Amanhecer”, parceria de Vinicius com Edu Lobo.
 
O time de músicos que participam do disco é de primeiríssima linha: Wagner Tiso, Paulo Jobim, Paulo Moura, Zeca Assumpção, Cristina Braga, Paulo Sérgio Santos, Adriano Jordão, Egberto Gismonti, Marco Pereira, Nico Assumpção, e os músicos da Orquestra de Cordas Brasileiras, do Quinteto Villa-Lobos, e do Cello Ensemble.
 
O relançamento de “Eugénia Melo e Castro canta Vinicius de Moraes” pela gravadora Atração / Brazilmúsica, é um verdadeiro presente para os amantes da música brasileira. Quem já o ouviu, perceberá que o disco ainda tem o mesmo frescor de 14 anos atrás quando foi gravado, e parece continuar crescendo a cada audição. Para quem ainda não o conhece, esta aí a oportunidade para uma viagem onírica ao país da delicadeza perdida, em companhia de Eugénia Melo e Castro.
 
 
Eloy Dias Varandas – 11/03/08
Publicado por popogirl às 23:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Ouça aqui

EMAIL/ CONTACTOS/ SITE OFICIAL

eugeniamc@sapo.pt http://www.eugeniameloecastro.com

Bem Querer / Futuros Amantes


Veja mais vídeos aqui!

AVISO AOS NAVEGANTES :

ESTE BLOG É (TAMBÉM) UMA BASE DE DADOS ACTUALIZADOS SOBRE EUGÉNIA MELO E CASTRO. DESTINA-SE AO REGISTO DE ENTREVISTAS, MATERIAIS DE IMPRENSA, MÉDIAS, MP3, VIDEOS, MATERIAL DE PESQUISA, BIOGRAFIA, HISTÓRIAS, OPINIÕES, CRÓNICAS, FOTOS, DATAS, AUTORES, MÚSICOS ENVOLVIDOS, ASSUNTOS RELACIONADOS, DEPOIMENTOS, LINKS RELACIONADOS, AGENDA DE SHOWS, ACTUALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS DE CDs, DVDs, PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS, GRAVADORAS, DIREITOS AUTORAIS, LETRAS, CONVIDADOS ESPECIAIS, ONDE, COMO E QUANDO.

Arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO