Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

O Escritor é um túmulo !!


O Escritor é um túmulo onde se guardam para sempre os restos das palavras, os rastos das sílabas, dos sinais, dos pensamentos .

O Escritor é um túmulo de palavras escritas. Palavras de mais, menos, suspensas, entre outra palavras não escritas.

O Escritor é um túmulo morto, inviolável, sem voz, sem tempo, sem palavras.

O Escritor é um túmulo de papel. 

O Escritor é uma caixa forte, um segredo esquecido, uma conversa muda.

O Escritor evita os pensamentos escritos, ditados, frases seguidas de sentido sem sentido. Sentimentos contrários, leituras de releituras diferentes.

Os pensamentos do Escritor não se ouvem, não se escrevem, não têm forma, imagem, sombra, erros, acentos, correcções.

O Escritor não sabe escrever, não quer escrever.

O Escritor vive no outro lado , na eterna página em branco.

O Escritor é uma paisagem, uma contagem de letras, um grupo de espaços, de imagens  um coincidir de pensamentos não explícitos, de frases  diferentes de corpos não nascidos.

O Escritor não existe, não sente, não sabe.

O Escritor escreve, descreve, evita as palavras por outras , critérios internos,  não vê o mesmo igual, escreve o oposto do mesmo ao contrário.

O Escritor não lê o que escreve para ler o que escreve.

O Escritor não gosta de reler logo o que escreve.

O Escritor esquece o que já escreveu, e se espanta quando relê.

O Escritor não lê o que relê.

O Escritor é um horror.

O Escritor descreve a dor, não escreve a dor.

O Escritor ostenta as frases, tenta as pazes entre estilos, entre as fases diferentes, entre os temas, não teme, treme, escreve á mão, escreve não, escreve sim, escreve talvez.

O Escritor aposta a alma, ganha ao jogo uma outra calma.

O Escritor acalma, esclarece o ponto que lhe apetece complicar.

O Escritor passa por nós sem passar palavra.

O Escritor não fala.

O Escritor não cala.

O Escritor espalha, explica, ilude. O Escritor é rude.

O Escritor é simples depois de escrever.

O Escritor sustenta as conclusões, muda os fins, continua em outra escrita.

O Escritor Inventa palavras para agradar sentidos, rimas, altera os significados , muda os dicionários entre lìnguas iguais e opostas.

O Escritor escreve de costas.

O Escritor dorme na estante.

O Escritor é estanque, firme, inviolável, impermeável.

O Escritor não sua.

O Escritor é seu. Não pertence. Não concede. não cede.

O Escritor encobre a noite.

O Escritor engole a noite.

O Escritor pensa, tenta, antes de tentar pensa que pensa, só para sossegar.

O Escritor houve as palavras, as frases, as ideias têm som.

O Escritor não tem meio termo, nem meio tempo.

O Escritor tem o tempo parado girando á sua volta.

O Escritor divide o que sabe com o que adivinha, reparte o que sabe enquanto não parte.

O Escritor que parte não sai do lugar.

O Escritor é escravo.

O Escritor é sábio.

O Escritor é chato.

O Escritor assina o nome.

O Escritor muda de nome.

O Escritor tem culpa quando é inocente, deixa condenado tudo por provar.

O Escritor erra o erro sem se enganar.

O Escritor acerta, subverte o que inverte.

O Escritor não come.

O Escritor não fala.

O Escritor só fala do amor que imagina poder um dia sentir.

O Escritor não mente.

O Escritor não sente.

O Escritor não trai as hipóteses.

O Escritor não existe.

O Escritor  é real.

O Escritor sabe o que faz.

O Escritor não morre.

O Escritor descansa em paz.
Publicado por popogirl às 03:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Ouça aqui

EMAIL/ CONTACTOS/ SITE OFICIAL

eugeniamc@sapo.pt http://www.eugeniameloecastro.com

Bem Querer / Futuros Amantes


Veja mais vídeos aqui!

AVISO AOS NAVEGANTES :

ESTE BLOG É (TAMBÉM) UMA BASE DE DADOS ACTUALIZADOS SOBRE EUGÉNIA MELO E CASTRO. DESTINA-SE AO REGISTO DE ENTREVISTAS, MATERIAIS DE IMPRENSA, MÉDIAS, MP3, VIDEOS, MATERIAL DE PESQUISA, BIOGRAFIA, HISTÓRIAS, OPINIÕES, CRÓNICAS, FOTOS, DATAS, AUTORES, MÚSICOS ENVOLVIDOS, ASSUNTOS RELACIONADOS, DEPOIMENTOS, LINKS RELACIONADOS, AGENDA DE SHOWS, ACTUALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS DE CDs, DVDs, PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS, GRAVADORAS, DIREITOS AUTORAIS, LETRAS, CONVIDADOS ESPECIAIS, ONDE, COMO E QUANDO.

Arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO